segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Estrias na Gestação: Como Prevenir

Olá, meninas.

Hoje, eu venho lhes falar do pavor de muitas gravidinhas, as estrias.


As estrias são cicatrizes ocasionadas pelo rompimento das fibras elásticas e de colágeno, gerado pelo estiramento excessivo ou rápido da pele e pelas mudanças hormonais que ocorrem durante a gravidez.

Elas afetam de 50 a 90% das mamães, principalmente na primeira gestação, e aparecem, em média, na segunda metade da gravidez.

As estrias vermelhas indicam a primeira fase do processo, quando ainda há circulação de sangue e o tratamento é mais eficiente. As estrias brancas indicam a finalização do processo, quando as cicatrizes já estão instaladas e não há mais circulação local.

O fator genético tem grande influência sobre o surgimento dessas monstrinhas, entretanto, com a falta de cuidados, elas podem surgir até mesmo em quem não tem a mínima pré-disposição para isso. 

Nesse post, falarei dos cuidados a serem tomados para evitá-las.


Como preveni-las?

A prevenção ainda é a maior arma contra as estrias, pois, embora já existam tratamentos que as deixem praticamente imperceptíveis, a cura definitiva não existe.

Seguindo algumas dicas, é possível manter a pele lisinha caso não haja pré-disposição genética para essas cicatrizes e, caso haja, embora não tenha muito jeito, existe a possibilidade de diminuir bastante a sua incidência.


  • Hidratar a Pele:
A pele tem que estar hidratada para que as fibras de colágeno e elastina aguentem a pressão que o crescimento da pele faz durante a gravidez, principalmente nas regiões da barriga, seios, nádegas, quadris e coxas. Produtos que contenham em sua fórmula ureia (máximo 3%), lactato de amônia, colágeno, elastina, vitamina E e óleos vegetais são recomendados antes e durante a gravidez.

Entretanto, deve-se ter cuidado ao utilizar hidrantes nos seios: A região dos mamilos deve ser evitada, pois está se preparando para a amamentação e a hidratação pode deixá-la fina e sensível, podendo causar rachaduras.

Além disso, deve-se atentar a qual creme utilizar, pois algumas substâncias são prejudiciais ao feto. O ideal é utilizar hidratantes próprios para gestantes ou aqueles liberados pelos médicos. 

A rotina de hidratação deve ser feita de duas a três vezes por dia.

Beber pelo menos dois litros de água a cada 24 h também ajuda a manter a pele hidratada.



  • Cuidar da Alimentação e Controlar o Peso:
Durante a gravidez, o ideal é engordar até 12 quilos para evitar o excessivo estiramento da pele. É  interessante procurar um nutricionista para ajudar nessa tarefa.

Comer alimentos ricos em vitamina C, como kiwi, laranja, limão, acerola, tangerina e abacaxi, estimula a produção de colágeno e proteínas. 


As vitamina A e E, as frutas, os legumes e as verduras também estão na lista de alimentos recomendados. 


Deve-se evitar frituras, refrigerantes e excesso de sal e doces.


Ingerir ômega 3 também é aconselhável para a saúde da pele.


Embora não exista nenhum trabalho feito com o rigor científico a respeito da gelatina, acredita-se que ela é uma excelente aliada na reposição do colágeno. Mas a gelatina que, eventualmente, pode auxiliar na prevenção das estrias e produzir melhorias na estrutura da pele é a que contém colágeno hidrolisado, não a comum.


  • Usar Roupas Confortáveis:
As roupas devem ser confortáveis, pois o atrito com a pele pode aumentar a extensão das estrias. Aliás, é o mesmo efeito de coçar a pele. É um mito acreditar que coçar a barriga na gravidez dá estria. É a estria que provoca coceira antes de aparecer. Coçar a pele pode aumentar a extensão da estria, mas não causá-la. 

Os sutiãs devem ser reforçados, suportando o crescimento e o peso que aumentam significativamente durante a gestação.

As calcinhas devem ser, preferencialmente, altas para dar maior resistência à pele do abdômen. 


  • Fazer Exercícios Físicos Regularmente:
Caminhar pode ser uma boa maneira de manter a forma, ajudar na circulação sanguínea e melhorar a oxigenação e a nutrição das células da pele.


  • Fazer Drenagem Linfática Manual:
A combinação entre drenagem linfática e gestação não poderia ser mais perfeita: ajuda a relaxar, reduz  a  retenção de líquidos, estimula a lactação, prepara as mamas para a amamentação e previne e combate varizes, celulite e estrias. Mas todo cuidado é pouco: Para alcançar os efeitos desejados é fundamental que o procedimento seja executado somente por fisioterapeutas especializados. Quando realizada por um profissional não habilitado, a drenagem linfática manual pode estimular contrações uterinas e causar a precipitação do parto.

  • Descansar Bastante e Evitar o Estresse:
Não é novidade que o cansaço e o estresse podem diminuir a imunidade do organismo, o que, consequentemente, pode prejudicar a pele.

  • Não Deixar de Tomar as Vitaminas Indicadas pelo Obstetra:
O feto absorve muitas vitaminas, portanto, é possível que falte para a saúde de sua pele.

  • Usar Filtro Solar:
O sol pode causar o ressecamento da pele, aumentando, assim, a probabilidade das estrias surgirem.

  • Ter Cuidado com as Substâncias Agressivas à Pele:
Perfumes e outros produtos capazes de causar irritações devem ser evitados, pois as grávidas ficam mais sensíveis a eles e isso pode deixar a pele susceptível às estrias.


Mais alguma dica? Deixem nos comentários!


Em breve, post sobre os tratamentos para estrias que podem ser feitos durante e após a gestação!

28 comentários:

  1. Boa dica amiga, estria são um tormento pra nós néh, poxa vida quem inventou estrias que eu matooo, rsrs, beijim Tequinha...

    ResponderExcluir
  2. http://www.youtube.com/watch?v=TdN5GyTl8K0

    ResponderExcluir
  3. Adorei o blog... vou ficar de olho nas dicas!
    Bjoos

    ResponderExcluir
  4. Oieee querida...
    Ameiii seu blog! Lindo e super completo...
    Você me disse que gostaria de uma tag... Se vc quiser conversar melhor comigo sobre ela, me mande um e-mail flavinha.romano@hotmail.com, e me explique mais ou menos como seria e em que vc iria utilizar, assim poderei ficar mais dentro do assunto e fazer uma tag linda... é masculino ou feminino?
    Bjinhuss
    http://morenanude.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho tanta amiga mãe
    e todas falam que usaram de tudo e mesmo assim tem muita estrias
    kisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu disse, se vc tem tendência, dificilmente conseguirá se livrar das estrias, mas poderá amenizar a sua incidência.
      Eu conheço mulheres q não tiveram uma estria na gravidez... minha mãe e suas seis irmãs, por exemplo! Todas se cuidaram usando óleo de amêndoas apenas. Questão de genética! rs
      Mas dá para diminuir o estrago sim... E minha mãe e suas irmãs poderiam ter tido uma ou outra se não tivessem cuidado nem um pouco.
      Bjo

      Excluir
  6. Teca!!!!
    Desculpe meu sumico!
    Fiquei feliz k vc voltou a vida de blgueira..rs
    Aiii morro de medo, de qdo eu engravidar, ficar lotada de estrias:(
    Beijos
    Amandinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai... q bom q passou por aqui. Tanto tempo... :)
      Bjão

      Excluir
  7. Ultimamente tô em dúvida se quero ter filhos ou não... Mas é sempre bom saber dessas dicas né! Adorei! Nunca pensei que não fosse bom passar creme no mamilo por causa da amamentação..
    Beijos!!

    http://blogfashion4fun.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm tinha dúvidas sobre isso. Engravidei num surto de "vamos ver se acontece"...rs Apenas um mês e eu estava grávida! Bjo

      Excluir
  8. Acredita que não tive estrias na gravidez e usei um creme que uso até hj
    Passando para desejar
    Ótima 4ª feira !!
    ♥ Beijos coloridos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Teca,
    O post etá mega informativo. Eu não tive estrias na gravidez, mas cuidei muito.
    Beijos 1000 e um ótimo meio de semana para vc.

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí... tem de cuidar. Parabéns! Bjão

      Excluir
  10. Teca essas dicas são ótimas ajudam muito ! tem que cuisar né !

    bjs
    prosademoca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. E mesmo não grávida, várias dessas dicas devem fazer parte do nosso dia-a-dia!
    Estria ninguém merece, e eu tenho algumas :(
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga, obrigada pela visita e pelo seu comentário
    não sei o que está acontecendo, tenho tido vários problemas com o blogger, entre eles algumas pessoas não conseguem ver minhas atualizações, e vc está entre elas.Não sei como resolver.Vc comentou em um post muito antigo, de lá pra cá fiz inúmeros, inclusive hj tem novo
    bjs
    Vivi
    http://www.viviass.blogspot.com.br/2013/02/brincadeira-sem-bagunca.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa... que chato... queria ver seus posts novos. Bjo

      Excluir
  13. Vale p nao gravidas tb neh rss
    bjaoo amei saber q esta gravida
    q fofo!!

    Aninha
    www.coisasdaaninha.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe Obrigada, linda!
      E vale para não grávidas sim... se nos cuidarmos antes, melhor, né?
      Bjo

      Excluir
  14. Q legal as dicas.. Vou passar para uma amiga q está grávida!
    Bj, Gabi.

    ResponderExcluir
  15. Antes de engravidar não sabia o que era essas temidas "ESTRIAS ", agora com 5 meses de gestação foram aparecer na bunda, estou super triste, por mais que não foi descuido,pois mais que sempre usei cremes, óleos e não adiantaram nada.
    Mudei completamente a minha alimentação, mais mesmo assim elas apareceram.
    :/

    ResponderExcluir

Dúvidas? Opiniões? Sugestões?

Tradutor

Pesquise Aqui

Siga o Blog

Acompalhe por Email

Facebook

Twitter

Link - Me


Total de Visualizações

Tecnologia do Blogger.